free html hit counter Web Interstitial Ad Example
6 de Dezembro, 2021

Cinema Tv

Tudo sobre cinema, séries e tv!

‘007: Sem Tempo para Morrer’ pode ter prejuízo de 100 milhões de dólares

2 min read
Apesar de ser a melhor bilheteria durante a pandemia, o filme de James Bond teria que atingir a marca de 900 milhões de dólares para...

No último final de semana, 007: Sem Tempo Para Morrer bateu a marca de 730 milhões de dólares em bilheteria, se tornando o filme hollywoodiano mais bem-sucedido desde o início da pandemia. Mesmo assim, o longa de James Bond deve amargar um prejuízo de 100 milhões de dólares, estimam fontes próximas à produção em nota da revista especializada Variety.

A perda milionária explica-se pelo orçamento igualmente estratosférico do longa de espionagem. O último filme de Daniel Craig gastou mais de 250 milhões de dólares para ser produzido, cerca de 100 milhões em sua campanha de divulgação e mais cifras gordas com os adiamentos. Segundo a publicação, o filme teria que arrecadar em torno de 900 milhões de dólares para compensar o investimento, o que provavelmente teria acontecido caso não fosse o caos instaurado pelo coronavírus, que fez até mesmo sua estreia mais bem-sucedida fechar no vermelho.

Produtora do longa, a MGM contesta essa matemática, e afirma que 007 gerou lucro aos cofres. “Fontes não identificadas sugerindo que o filme perderá dinheiro são categoricamente infundadas e, colocado de forma mais simples, isso não é verdade”, disse um porta-voz em comunicado à Variety. “O filme excedeu em muito nossas estimativas, tornando-se o filme de Hollywood de maior bilheteria no mercado internacional e passando Velozes e Furiosos 9 para se tornar o filme de Hollywood de maior bilheteria desde o início da pandemia. Com o lançamento do filme no streaming, ao mesmo tempo em que continua bem no cinema, Sem Tempo para Morrer gerará lucro, tanto como título de filme individual quanto como parte da incrível biblioteca da MGM.”

A revista, no entanto, contesta a afirmação da empresa, alegando que a MGM estaria se negando a admitir o prejuízo apontado por fontes com conhecimento sobre o orçamento do longa. Não fosse o prejuízo estimado, no entanto, 007: Sem Tempo para Morrer, seria um fenômeno único entre os blockbusters: tornar-se lucrativo nos cinemas é difícil até mesmo em tempos normais, e praticamente inviável durante uma pandemia. Sucessos da Marvel como Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis e Eternos, assim como o concorrente O Esquadrão Suicida, da DC, e o aguardado Tenet de Christopher Nolan fecharam o ano no vermelho, com perdas na casa das dezenas de milhões. O maior prejuízo, no entanto, deve ficar para o épico O Último Duelo, que custou mais de 100 milhões de dólares entre produção e promoção, e arrecadou insignificantes 27,4 milhões globalmente.

Continua após a publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.