free html hit counter Web Interstitial Ad Example
6 de Dezembro, 2021

Cinema Tv

Tudo sobre cinema, séries e tv!

5 belos filmes sobre artistas negros que marcaram a história

3 min read
De Billie Holiday a James Brown, produções narram a trajetória de músicos e atores que, com seus talentos, mudaram os rumos da cultura e da...

A música e o cinema foram terrenos férteis para artistas que, vencendo as tenebrosas barreiras do racismo, usaram a força da arte para dar voz ao talento e ao ativismo negro em tempos cruciais para mudanças políticas. Às vésperas do dia 20 de novembro, dia da Consciência Negra, confira a seguir cinco bons filmes para ver no streaming com estrelas que mudaram o jogo apesar dos pesares:

Estados Unidos vs. Billie Holiday
Onde assistir: Amazon Prime Video

Protagonizada pela cantora Andra Day, a cinebiografia narra a ascensão de Billie Holiday (1915-1959). Para além do sucesso da lenda do jazz, o longa-metragem também aborda os problemas com drogas que a estrela tinha e como o Departamento Federal de Narcóticos dos Estados Unidos usou isso para persegui-la e censurá-la — afinal, o racismo era tema presente nas músicas da cantora. O filme rendeu a Andra Day o Globo de Ouro de melhor atriz e uma indicação ao Oscar. 

Meu Nome é Dolemite
Onde assistir: Netflix

Rudy Ray Moore (1927-2008) foi um dos artistas pioneiros do blaxploitation, gênero cinematográfico popular nos anos 1970, com tramas de ação e comédia, protagonizado por negros. Na cinebiografia cômica Meu Nome é Dolemite, Eddie Murphy interpreta Moore, um jovem vendedor de discos e comediante de pouco sucesso que vê sua vida mudar quando decide rodar, sozinho, um filme estrelado por seu alter-ego, Dolemite. 

James Brown
Onde assistir: disponível para compra e aluguel no iTunes, Claro e Google Play

Continua após a publicidade

Cantor, dançarino e compositor, James Brown (1933-2006) é até hoje um dos artistas negros que mais vendeu discos na história da música. Pioneiro do funk, Brown teve uma infância pobre e sofreu abusos em um período na prisão, antes de alcançar a fama. Interpretado aqui pelo ótimo Chadwick Boseman (1976-2020), Brown foi responsável por quebrar barreiras, se tornando popular entre negros e brancos, e serviu como instrumento de empoderamento para a cultura negra, com suas letras enérgicas e positivas.

Ray
Onde assistir: Telecine; disponível para compra e aluguel no iTunes e Google Play

De uma infância pobre em Albany, nos Estados Unidos, à brilhante carreira musical, reconhecida no mundo todo, Ray Charles (1930-2004) foi uma figura controversa. Extremamente talentoso, o pai da soul music ficou cego aos sete anos de idade e enfrentou sérios problemas com drogas ao longo da vida. Paralelamente às dificuldades, Ray foi uma figura proeminente na luta contra a segregação racial. A produção independente rendeu a Jamie Foxx, que deu vida a Ray, o Oscar de melhor ator.

Tim Maia
Onde assistir: Netflix, Telecine e NOW

Depois de viajar e morar um tempo nos Estados Unidos, Sebastião Rodrigues Maia (1942-1998) voltou ao Brasil e começou a incorporar tudo o que aprendeu com a música negra americana, do funk ao soul, às batidas nacionais. Pouco tempo depois, ele se tornou o ícone nacional Tim Maia. Vivido na fase adulta por Babu Santana, o longa vai desde a infância de Maia no Rio de Janeiro até sua morte precoce, aos 55 anos. 

Continua após a publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.