free html hit counter Web Interstitial Ad Example
28 de Novembro, 2021

Cinema Tv

Tudo sobre cinema, séries e tv!

Scarlett Johansson e Marvel se acertam: atriz será produtora do estúdio

4 min read
Após acordo judicial, atriz foi homenageada pelo produtor executivo da Marvel, Kevin Feige, que anunciou projeto secreto com ela e a marca ...

Scarlett Johansson foi a homenageada da noite no tributo anual da cinemateca americana, que aconteceu nessa quinta-feira, 18, em Beverly Hills, e aproveitou o momento para falar sobre o controverso processo que moveu contra a Disney, reivindicando pagamento pelo lançamento simultâneo de Viúva Negra no streaming e nos cinemas. “Tive um filho na mesma época e, de certa forma, isso me ajudou a passar por um período muito incerto e estressante. Eu me sinto afortunada por ninguém mais ter que passar pelo que passei e por isso ter tido, acredito eu, um impacto positivo na indústria e, espero que também na vida e no sustento dos artistas”, pontuou ao ser questionada pelo site The Hollywood Reporter sobre como estava a questão.

O processo em questão foi movido em julho e estremeceu a relação de Scarlett com a Disney. Na ocasião, a intérprete da Viúva Negra acusou a empresa de usar a pandemia como pretexto para lançar filmes simultaneamente no streaming e aumentar o número de assinantes da plataforma ignorando os contratos e a remuneração acordada com os artistas, que ganham uma parcela da bilheteria nos cinemas. A Disney, por sua vez, afirmou que a declaração era um “desrespeito implacável” com a pandemia e suas vítimas, e que não havia méritos na ação de Scarlett. As duas partes chegaram a um acordo em setembro.

Durante o tributo, Kevin Feige revelou que Scarlett, inclusive, está envolvida em um projeto futuro da Marvel. “Já estamos trabalhando com Scarlett em outro projeto ultrassecreto da Marvel Studios, não relacionado à Viúva Negra, com ela como produtora. Scarlett é uma das atrizes mais talentosas, versáteis e queridas do nosso tempo. Foi um prazer trabalhar com alguém de seu calibre”, disse Feige no palco.

No tapete vermelho, a atriz também aproveitou para reforçar a renovação do relacionamento com a empresa. “Tive alguns dos melhores momentos da minha carreira trabalhando para ambos [Disney e Mavel] os estúdios. Estou muito animada por poder continuar meu trabalho com a Disney e minha família Marvel”, apontou. “É um tempo de evolução no qual há um mar de mudanças acontecendo. Como disse minha filha há alguns dias, você não pode fazer um omelete sem quebrar alguns ovos”.

O chefão da Marvel, apontado como defensor de Scarlett inclusive durante o processo contra a Disney, também não poupou elogios à atriz e destacou sua importância para as mulheres na indústria. “Como a primeira e mais antiga heroína feminina do estúdio Marvel, Scarlett manteve-se firme em meio a um mar de homens e abriu caminho para tantas outras personagens do MCU: Carol Danvers, Wanda Maximoff, Shuri, Jennifer Walters , Monica Rambeau, Kamala Khan, apenas para citar algumas”, enumerou. “Scarlett encarnou Natasha de forma brilhante ao longo de 11 anos, oito filmes, incontáveis ​​acrobacias e cenas de luta, uma Guerra Civil, uma Guerra Infinita e dezenas de estilos de cabelo diferentes, todos culminando em uma das produções mais aguardadas do MCU, Viúva Negra”, complementou ele, brincando com o nome dos filmes.

Além de Feige, o intérprete do Gavião Arqueiro, Jeremy Renner, também compareceu ao evento, e foi o responsável por entregar o troféu do tributo à colega de elenco. “Não consigo entender como alguém não amaria estar em uma trincheira literal e figurativa com um talento impressionante e uma pessoa tão bonita e poderosa quando Scarlett, que eu amo e adoro”, disse ele. “Por um milhão de razões apresentadas aqui esta noite, e mais um milhão de razões que vocês não merecem saber, sinto-me tremendamente honrado em apresentar este Prêmio da Cinemateca Americana para o meu ser humano e super-heroína favorita”, concluiu ele.

Desde 1986, o Prêmio da Cinemateca Americana é concedido a “um artista extraordinário que tenha uma contribuição significativa para o cinema”. Aos 36 anos, Johansson é a homenageada mais jovem desde Nicole Kidman, em 2003, e reforça uma lista que inclui Eddie Murphy, Sean Connery, Tom Cruise, Jodie Foster, Denzel Washington, Julia Roberts, Samuel L. Jackson, Matt Damon, Reese Witherspoon, Amy Adams, Bradley Cooper e Charlize Theron, além dos diretores Steven Spielberg, Martin Scorsese, Ridley Scott e Spike Lee.

Continua após a publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.